domingo, 18 de outubro de 2009

Mais uma GOLEADA!!!!


Como se sabe, o Benfica ganhou, como é nosso hábito, por 6-0 frente ao Monsanto, num jogo a contar para a Taça de Portugal.
Sem grande intensidade na primeira parte, o Glorioso foi controlando o jogo. Não tivemos uma entrada mortífera como em jogos anteriores, muito por causa do tipo de jogo e, também, do adversário.
Mesmo assim, sem forçar muito, chegamos ao primeiro golo, antes do intervalo, por Felipe Menezes, a última contratação da nossa SAD, ao qual já está a retribuir - em golos - o investimento feito e a confiança de Jorge Jesus. É um jogador novo, com talento e com muito tempo pela frente para se tornar cada vez melhor e, por conseguinte, num jogador de topo. Por estar com um relativo atraso em relação aos seus colegas, aquando da sua chegada, JJ insistiu muito em particular no jovem médio, que gosta de jogar a dez e que é fã do nosso Rui Costa. Os resultados estão à vista. É mais uma jogada de mestre do nosso treinador e, parece-me, mais uma aposta ganhar.
Na segunda parte, o Benfica colocou mais intensidade no jogo e, naturalmente, tirou partido do cansaço acumulado na equipa do Monsanto. Por isso, não foi com surpresa que os golos apareceram. Custou entrar o primeiro, mas depois - perdoem-me a expressão - foi sempre a carregar. Seguiram-se mais cinco (!!) golos. Muito normal no Benfica.
Carlos Martins, em consequência dos enormes jogos que fez na Mata Real e no decorrer do jogo de ontem, bisou. O primeiro foi marcado após uma grande assistência do nosso capitão Nuno Gomes e o segundo teve o toque de Felipe Menezes. Carlos Martins em clara subida de forma e cada vez mais em evidência.
El Conejo, ou melhor, o nosso mágico Saviola, que sempre que joga espalha classe e talento nos relvados onde pisa, saltou do banco para fazer um golo (de cabeça). Deu, também, o seu contributo para o expressivo resultado final.
Seguiu-se um livre exemplarmente marcado por César Peixoto, apontado assim o 5.º golo da noite e o seu primeiro com o Manto Sagrado.
Para acabar em beleza, Fábio Coentrão foi brindado pelo excelente trabalho que tem vindo a desenvolver nesta sua fase na Luz. Além disso, depois de mais um grande jogo no lado esquerdo, teria de ser recompensado. Tanto procurou o golo que, de facto, acabou mesmo por marcar, dedicando-o a Quim e Nuno Gomes (penso eu! ;) ), dois dos seus muitos pilares no Glorioso.
Foram seis mas poderiam ter sido muitos mais, inclusive se dois penalties fossem convertidos, caso estes tivessem sido devidamente assinalados.
Lamentável a cena do cartão amarelo a Felipe Menezes e estúpida (não tem outro nome, peço desculpa desde já!) a reacção dos comentadores de serviço ao tentarem pôr em causa o nosso profissionalismo em causa. É caso para dizer: "Deixa (deixem, neste caso!!) de ser estúpido (s), pá!! Porra!!!".
Pequenas particularidades lamentáveis à parte, o dia de ontem foi uma grande festa - característica da Taça de Portugal - em Torres Novas e arredores. Não é todos os dias que se joga e recebe o Benfica, pelo que foi um momento inesquecível para os dirigentes, jogadores e população do Monsanto. Os seus testemunhos - antes, durante e depois do encontro - são prova disso.
Uma palavra de apreço pela forma como tão bem receberam a minha equipa e por, também, terem organizado um bonito jogo, uma bonita festa.
Para além de muita gente ter visto os nossos heróis pela primeira vez ao vivo e a cores, o Benfica, como uma instituição generosa e solidária que é, cedeu as bolas da época passada que tinha solicitado à Liga para aquele encontro à equipa da casa, prometeu recuperar um dos jogadores do Monsanto no nosso departamento e, possivelmente, cederá ainda sua a parte das receitas, proposta essa que será levada a Conselho de Administradores da SAD. Somos ENORMES.

VIVA O BENFICA!!!!!!

2 comentários:

águia_livre disse...

Mis um grande jogo em que o Benfica só iniciou o desafio com dois habituais titulares: David Luiz e javi garcia.

Mais um jogo que nos deu imensa alegria.

Ninguém nos pára

Jinho, Princesa
.

GIL VICENTE disse...

Linda Princesa

Mais uma crónica magnífica, que outra coisa não era de esperar da "pena" desta Linda Princesa.

Um beijinho e continuação de boa sorte na recepção aos caloiros e em tudo o resto.