domingo, 24 de maio de 2009

Benfica (3) - Belenenses (1)


Vencemos a equipa dos pastéis por 3-1, num jogo que ficou marcado por um misto de emoções.
Sofremos o golo nos minutos iniciais, naquele que foi o primeiro remate do Belenenses à nossa baliza.
No entanto, e depois de algumas tentativas, o Benfica empata, através de Tacuara Cardozo.
Dominamos desde cedo o jogo e estava à vista de todos que a vitória, mais cedo ou mais tarde, não nos iria escapar.
O Enorme golaço de Felipe Bastos, já na segunda parte, só veio confirmar o que tenho dito: o domínio completo e absoluto do Glorioso.
Para terminar em beleza, eis que Mantorras entra, para alegria do Povo, levando - para não variar! - uma das ovações da noite. Culminou a noite densa em emoções, com um golo, levando o Estádio ao rubro.
Não se esperava outra coisa do Benfica que não fosse a vitória, na sua casa, perante a sua gente.
Além disso, a grande maioria desejava a descida do Belenenses até à segunda divisão do campeonato e assim foi.
Hoje, certamente, os pastéis têm outro sabor.
É triste para quem desce, mas como são submissos da corja não tenho pena nenhuma. Tenho dito!

Ontem, também, foi dada uma bofetada de luva branca (neste caso, de luva vermelha), pois as substituições (momento fortemente criticado ao longo da época...algumas delas, inclusive, por mim) deram frutos: Felipe Bastos rendeu Carlos Martins, marcando um grande golo; Mantorras rendeu Aimar, marcando também ele um golo. Balboa também entrou, fazendo uma assistência para o golo de Mantorras. Em suma, as substituições, ontem, foram mais que acertadas, originaram dois golos e uma assistência.
Ficou ainda patente que não é só preciso acertar nas escolhas, é preciso também ter sorte. Ontem Quique foi feliz.
Ironia do destino, não?!

Terminada a época, agora é tempo de fazer balanços e de analisar o que será melhor para o nosso clube.
Como sempre admiti, defendo a continuidade do nosso treinador Quique Flores.
Pode ter errado (como muitos; eu diria: como todos!); poderia, eventualmente, ter feito melhor; poderia ser (mais) ambicioso; poderia.... poderia.... como todos que por aqui passaram "poderiam".
Quique - sempre achei - é uma lufada de ar fresco no futebol português: a sua sinceridade, respeito, cavalheirismo, discurso,... fazem dele Grande, fazem dele um Senhor!
Ontem, não foi diferente. Antes do jogo, fez questão de cumprimentar calorosamente Rui Jorge, técnico do Belenenses. O mesmo de passou no final do jogo, desta vez com um abraço e palavras reconfortantes, com desejos de felicidade e "boa sorte" à mistura, certamente.
Mais: no final do jogo - ainda - fez questão de cumprimentar e reconfortar os jogadores de Belém, um a um. Só isto já diz muito da sua enorme personalidade.
Agradeceu o carinho dos adeptos - não fazendo distinções entre sempre quem o apoiou e os que lhe mostraram lenços brancos e o assobiaram; mandou-NOS erguer a cabeça, num gesto que nem me vou atrever a descrever. São gestos que ficam em todos nós, nos quais as palavras não conseguem traduzir a carga emotiva e mensagem dos mesmos.
Quique foi, ainda, recolher um grande pano, onde adeptos pediam a sua permanência ("QUIQUE BEN' FICA!"). Recolheu-o e levou-o consigo, para mais tarde recordar. Retribuiu o carinho. O mesmo fez com outros cartazes, outras mensagens de apoio e incentivo.
Quique foi e é grande. Teve, ontem, a prova de que o povo Benfiquista não é ingrato. Saiu em grande do Estádio da Luz, sobre a chuva de um forte aplauso.

OBRIGADO QUIQUE!! À semelhança de muitos, o meu desejo seria que continuasses. Se queres continuar, acho que sim. Se tens condições, não sei.
Por mim ficavas, por isso também digo: FICA QUIQUE!!!


Disseste que tens orgulho no Benfica, mandaste-nos erguer a cabeça para termos, como tu, ORGULHO na EQUIPA.
Eu tenho ORGULHO neles, eles sabem. Mas também tenho ORGULHO em Ti! Por teres sido nosso treinador, por todas as emoções que nos proporcionaste.

Se ficares, óptimo: que sejas CAMPEÃO e FELIZ connosco.
Se saíres, desejo-te toda a sorte do mundo. Com ou sem Benfica, SÊ FELIZ!!!


VIVA O BENFICA!!!!!!!


PS: PARABÉNS RIO AVE!!! Uma permanência mais do que merecida, uma festa à altura!!

7 comentários:

LuaSLBENFICA disse...

Atrevi-me a ler este artigo, mesmo depois de falar contigo... e não consigo dizer mais nada...
Brilhante!!

Beijinhos Enormes*******************
AMO-TE SPORT LISBOA E BENFICA

margaridabenfiquista disse...

sem palavras.......

fiquei de coração partido....
é um Senhor sem duvida....

artigo fabuloso!!!

Beijinhos....
..

aguiadainvicta disse...

OLA GRANDE POST PARA NÃO VARIAR. DAQUI A 4 SEMANAS COMEÇA outra batalha. FORÇA BENFICA

Viriato de Viseu disse...

Ó PRINCESA ?

Isto não é um artigo...é uma ODE !!!

...E ARRASADORA !!!

És uma ENORME entre os Enormes.

Jokas para quem é linda.

águia_livre disse...

Um artigo exemplar revelador de um enorme coração benfiquista.
Cada dia que passa, este cantinho, é uma imagem de visita obrigatória para quem navega na blogosfera.

Neste artigo, nota-se um desejo de continuação, um desespero por uma meta não alcançada, um certo receio de que o mesmo venha a acontecer no futuro, uma incógnita no versejar de sentimentos, em tumultos movimentos.

A crença, supera-se ao desencanto, no coração da Ana.
Simplesmente porque tem um coração de altos valores e nobreza benfiquista.
São artigos como este que elevam quem os escreve.
Obrigado Ana, pela tua verdade e amor ao Benfica

Fica bem
.

Jotas disse...

Quique e a restante equipa técnica, foi profissional, tiveram sempre uma grande dignidade e uma educação acima da média, de fazer inveja a qualquer clube.
Também cometeram erros? Sim, muitos, talvez por desconhecimento da nossa realidade e julgo que aí teve o principal pecado, Diamantino devia ter sido o braço direito do treinador, assim como Álvaro Magalhães foi do trapattoni, pois é alguém que conhece o nosso futebol e o clube.

E.T. Benfiquista disse...

Adorei, adorei, adorei este artigo!!! E digo mais...

ADOREI!!!

Um SENHOR mesmo!!!


benFICA QUIQUE!!!