terça-feira, 30 de agosto de 2011

Cardozo, o D. Sebastião Benfiquista?

Antes de mais, quero desculpar-me pela minha longa ausência. Não aconteceu nada de maior, estou bem. Apenas deixei de ter grande disponibilidade para o blogue. Como já cheguei a dizer, seria muito fácil manter este espaço actualizado, mas, como é do vosso conhecimento, não gosto, nem é o meu género, fazer "copy paste" de notícias que circulam. Gosto, sempre que posso, de fazer uma análise em torno, grande parte, do Mundo Benfiquista, contribuindo, assim - bem ou mal -, para a reflexão e debate. O tempo não é muito, ou não será, sobretudo a partir de meados de Setembro, mas prometo estar mais presente. Não vos prometo uma presença assídua, no entanto, pois, como em tudo na vida, tenho/ preciso de estar concentrada noutros afazeres.
Grata pela vossa compreensão!



Posto isto, vamos ao que interessa!! Ontem o nosso Glorioso ganhou, como sabem, por duas bolas a zero ao Nacional da Madeira. Não tendo sido um jogo brilhante, porque esse, meus senhores, foi o de quarta-feira passada, para a Liga dos Campeões. Não tendo espalhado magia e perfume como aconteceu frente aos holandeses do Twente no Glorioso Palco Europeu, a nossa Luz,a verdade é que a nossa equipa está de parabéns, por ter sido sempre muito lutadora e por ultrapassar adversidades várias.
Foi um jogo atípico, sobretudo pelo nevoeiro que cobriu a Choupana. Nada que admire, naquela zona da Madeira, com demasiada altitude! Ainda hoje não consigo encontrar explicações para se marcar um jogo àquela hora da noite... 20h45m!!!! Deviam ter em conta o local quando agendam os jogos.
Para além das duas paragens no jogo, por causa das condições climatéricas, o terreno do Nacional é sempre tradicionalmente difícil, quanto mais não seja por ser um campo pequeno, com grande altitude e sempre mais frio tendo em conta aquilo que é a temperatura noutros pontos da Pérola do Atlântico. É um campo complicado, sempre com condições adversas, seja para que equipa for, excepto para a da casa que já está mais que habituada.
Mesmo em condições anormais, onde, por momentos, muita gente não via um palmo à frente, Cardozo não perdeu o rumo da baliza e mostrou o caminho a seguir. Sim, o Óscar Cardozo foi o nosso D. Sebastião. Depois de lhe serem apontadas várias críticas, bem como após algumas atitudes lamentáveis, diga-se já!, de alguns adeptos (como assobios, insultos, enfim, tudo aquilo que qualquer jogador gosta de sentir) que devem, momentaneamente, ter a memória curta, o nosso Tacuara, que ontem foi o D. Sebastião Benfiquista, não veio numa manhã de nevoeiro salvar a Nação Benfiquista, mas numa noite fria de Agosto, que mais parecia uma noite de Outono. Respondeu, mais uma vez, da melhor maneira aos "carinhos" dos últimos tempos. Portanto, mais uma vez, alguns Benfiquistas começam a reavivar a memória e a dar o braço a torcer. Ninguém está acima do Benfica. Ninguém, mas ninguém, é mais importante que o nosso clube, seja "A", "B" ou "C". Contudo, não se pode ser ingrato e há ter respeito pelas pessoas, por todos aqueles que servem o nosso Manto Sagrado, pondo em prática alguns dos mais altos valores que fazem desta Instituição Única em todo o Mundo! Foi o Cardozo, mas podia ser outro qualquer. Há que APOIAR os nossos rapazes. Neste caso, há que apoiar (e muito!) o nosso Tacuara, que é um jogador que precisa de ser acarinhado. Como em todo o lado uns são mais fortes psicologicamente que outros e o nosso Tacuara precisa de sentir o nosso carinho para brilhar ainda mais. Reparem como ontem esteve mais jogo, correu, coisa em que ele francamente não é dos melhores, e encarou cada lance como se fosse o último. E porquê? Porque no jogo anterior, frente ao Twente, portanto, foi muito aplaudido por todo o estádio aquando da sua substituição!!!! Isso deu-lhe ânimo e podem acreditar que foi a solução para um jogo mais conseguido.
Apesar de estarmos a ganhar com uma vantagem mínima, correndo o risco de sofrer o golo do empate, a nossa equipa soube gerir muito bem o resultou, controlando, inevitavelmente, a partida. Claro que preferia ver a minha equipa golear, como nos jogos do último título nacional, por exemplo, mas para mim a vantagem mínima chegava, ainda que estivesse, algumas vezes, com o "Ai Jesus" na boca.
Quem não marca sofre, dizem, e apesar dos madeirenses terem tido algumas oportunidades - poucas - em que o Artur esteve sempre impecável (que segurança dá à equipa... e aos adeptos!!! Enorme!), o Benfica foi crescendo, no decorrer da segunda parte, até que chegou ao segundo golo sem grande surpresa e num lance fantástico do "chuta-chuta" Bruno César. Depois de ter corrido uns longos metros, ainda rematou com sucesso e classe. Fechamos o jogo com chave d'ouro!!! Merecemos a vitória, que foi um importante passo nas nossas aspirações.
O jogo terminou - e bem - reduzido a dez para a equipa do Nacional, mas devia ter acabado apenas com nove jogadores, visto que lhe pouparam um clara expulsão após uma cotovelada a Witsel. Ficou o vermelho por mostrar, sem margem para dúvidas. Um erro que se somou a outros tantos na arbitragem de ontem. Foi de lamentar a distribuição desigual de cartões amarelos. Vi jogadores do Benfica a levarem amarelo por nada, por "faltinhas", e não vi jogadores do Nacional a serem igualmente punidos por faltas graves. Enfim, a típica dualidade de critérios.

O nosso Glorioso, para não variar, foi mais forte que o Nacional e muito mais forte que o nevoeiro. Apesar da natureza nem sempre estar no nosso lado, não raras vezes, conseguimos ultrapassa-la.


CARREGA BENFICAAAAA!!!!!! VENHA O PRÓXIMO!!!!!!!



PS.: uma palavra de solidariedade para com o nosso Ricardo Gomes. A Nação Benfiquista está contigo. FORÇA CAMPEÃO, vais dar a volta por cima, ou não fosses da raça Benfiquista!!!

4 comentários:

David J. Pereira disse...

Boas!

Devo dizer que gosto imenso deste blogue!

Podem adicionar os meus aos vossos links? Eu prometo que retribuo :p

http://davidjosepereira.blogspot.com/

Saudosos cumprimentos!

Anónimo disse...

Quem é o melhor guarda-redes do Benfica depois de Preud'Homme?
Vote em www.desportimedia.pt

Robert Enke
Moreira
Quim
Artur Moraes
Outro

águia_livre disse...

Olá

Parabéns pelo regresso ainda que efémero

Que pena não escreveres mais, pois escreves muito bem

Fica bem

Ricardo/águia_livre disse...

OFF TOPIC

O blogue Obelovoardaaguia deseja ao proprietário deste lindíssimo blog, visitantes e comentadores, sua família e amigos, um BOM E FELIZ NATAL. QUE O ANO NOVO SEJA DE TODOS O MAIS FELIZ

http://obelovoardaaguia.blogspot.com/2011/12/um-natal-muito-feliz.html